Seja Bem-vindo, 01 de julho de 2022

Seja Bem-vindo
01 de julho de 2022

FENÔMENOS SUPRANORMAIS (SOBRENATURAIS) – Número 2

14 de junho de 2022   .   
Compartilhe

Ciências – Leis
O parapsicólogo, Dr. Pedro Antônio Grisa (falecido), como já mostrei em outro artigo: (PARAPSICOLOGIA É CIÊNCIA NA VISÃO DE TRÊS CORRENTES DE PARAPSICOLOGIA) afirma que: “Todas a Ciências têm como objetivo fundamental descobrir as Leis que regem o funcionamento de todos os elementos que integram o Universo – da pedra ao Ser Humano, do átomo às galáxias”. (GRISA, p. 21).

Escola de Quevedo e as Leis
O parapsicólogo, Pe. Quevedo (falecido) e sua escola de parapsicologia não nega as leis e nem deixa de tê-las em seus estudos, porém dão uma outra interpretação as leis e as veiem em muitos casos de outro modo. Com a preocupação de estudar os fatos (ligados aos fenômenos) com muito rigor.

Grisa – Instituto de Parapsicologia Pe. Quevedo – “Escola Espirita” de Parapsicologia.
Como já disse também em outro artigo: (“CORRENTES (ESCOLAS) DE PARAPSICOLOGIA” NO BRASIL) dizer “Escola Católicas” de parapsicologia pura e simplesmente não explica bem o que se deve dizer. Ao usar esta expressão parece que a Escola de Quevedo se reduz a critica ao Espiritismo e nada mais. Temos que considerar muitos outros aspectos como sua visão antropológica e filosófica diferente e neste artigo vermos que a questão das Leis e compreensão das mesmas utilizadas nas ciências tem abordagem diferentes na escola de Quevedo e no sistema GRISA. Como também das chamadas “escolas espiritas” de Parapsicologia.

A partir de compreensão diferentes de Leis, antropologia, filosofia e teologia temos então a abordagem da escola de Quevedo em relação a esta temática: Fenômenos Supranormais (sobrenaturais).

Sistema Grisa e as Leis
Todo o direcionamento da parapsicologia de Grisa, seja quanto a fenomenologia paranormal seja quanto seu método de psicoterapia que é sua maior preocupação e enfoque, para tudo que é apresentado tem uma Lei.

Temos então: Lei da Criação e Derivadas (Lei da atração e Lei da afirmação), Para programar o Subconsciente (Lei da Repetição, Lei da Imaginação, Lei da Compreensão), Leis Cósmicas (Lei da Harmonia, Lei Evolução, Lei da Vibração), Leis Cósmicas Complementares (Lei do Princípio de Igualdade, a Lei do Menor Esforço, e a Lei da Ingratidão), As Leis Naturais de Sobrevivência (Lei Natural de Sobrevivência do Indivíduo, Lei Natural de Sobrevivência do Ser Único e Lei Natural de Sobrevivência da Espécie).

Em certos casos, Grisa fala da Leis Cósmicas Básicas e Derivadas como da Lei da Harmonia, Lei da Não Resistência e Lei do Equilíbrio. Em relação a Lei da Evolução (Lei da Direção, Lei do impulso e Lei dos Opostos ou do Contraste).

Subconsciente e outras compreensões
Grisa centra o foco no subconsciente, como desencadeador dos fenômenos paranormais. Quevedo busca primeiro outras explicações na física, química, eletricidade, etc., para depois analisa-los se há possibilidade de ser fenômeno extranormal de conhecimento e estes estão ligados aos sentidos normalmente conhecidos. Os sensitivos tem a capacidade de interpretar esses sinais mínimos corporalmente expresso. (Um estudo de linguagem corporal bem técnico prova isto, levando qualquer pessoa a interpreta-los). Outros são desencadeados pelo inconsciente enquanto força física, a telergia. Já outros fenômenos são de Percepção extra-sensorial, desencadeado pela faculdade espiritual do homem, sendo paranormal. Os fenômenos sobrenaturais podem se dar através de qualquer uma das classificações de fenômenos anteriores, como de percepção extra-sensorial (faculdade espiritual). Mesmo os fenômenos de percepção extra-sensorial têm um certo limite no tempo e espaço. Uma vez que extrapola esse limite se torna milagre. Exemplo: uma precognição que extrapola em termos de tempo a dois séculos ou cinco gerações, se enquadram nos fenômenos sobrenaturais, como as profecias bíblicas. Não sendo só paranormal. Mas supranormal. Já que a faculdade espiritual da mente humana ou o inconsciente tem uma limitação em relação ao tempo e espaço. (Veja este artigo – PSI-GAMMA – (PERCEPÇÃO EXTRA-SENSORIAL – Nº 1). Confira também outro artigo -(PRECOGNIÇÃO – NÚMERO 16: EXEMPLOS RELACIONADOS A PROFECIA E PREVISÕES A CURTO PRAZO E LONGO PRAZO).

Fenômenos Supranormais (Sobrenaturais)
Farei em outro artigo abordagem sobre os milagres, creio que ficará um pouco mais claro. Os milagres, extrapolam as leis Naturais. Com certeza sem negá-las. Mesmo não entrando na classificação dos milagres, na levitação uma Lei mental, contraria uma a Lei física da gravidade sem com isso substituí-la ou nega-la.

“Não se pode negar um fato ou ser-lhe indiferente só porque é contra a ciência. Neste sentido, numerosos cientista têm a Deus como imutável. Para eles, Deus não muda suas Leis. Logo, todo e qualquer fato fora das Leis naturais simplesmente inexiste. Mas os fatos existem queiram os cientistas ou não”. (FILHO, p. 71)

Quanto a escola de parapsicologia do Instituto Pe. Quevedo, que trabalha claramente os Fenômenos Supranormais, afirma: “A Parapsicologia pergunta: Há outra força, fora das forças da natureza, intervindo nos fatos? Ora, se há outra força, não está contrariando ou violando a natureza. É apenas outra força e nada mais. Exemplo: pela Lei da natureza o capim tem de crescer, porém, se um boi vem e come o capim, é outra força que interfere sem, no entanto, violar ou negar as leis da natureza”. (FILHO, p. 71)

O lado religioso
Neste quesito religioso, confira no artigo número 1 desta temática (FENÔMENOS SUPRANORMAIS (SOBRENATURAIS – Número 1), tanto a escola de parapsicologia ligada ao Instituto de Parapsicologia Pe. Quevedo, quanto as chamadas “escolas espiritas de parapsicologia”, assim designadas pelo Grisa (Veja “CORRENTES (ESCOLAS) DE PARAPSICOLOGIA” NO BRASIL) e Ele próprio ao abordar o tema religioso como os demais, nenhum deles fogem a sua visão religiosa, mesmo dizendo que a sua visão é cientifica (Confira: PARAPSICOLOGIA É CIÊNCIA NA VISÃO DE TRÊS CORRENTES DE PARAPSICOLOGIA). Podemos sem estender mais, sem aprofundar o assunto neste artigo, ver grupos ateus críticos a religião, fazem isso também na maioria das vezes em nome da ciência.

Conclusão
Com esse artigo de número 2, você internauta mesmo tendo uma visão não muito prologada do assunto, pode ter a compreensão do que vem a ser os Fenômenos Supranormais (Sobrenaturais).

Pe. Emanuel Cordeiro Costa
Parapsicólogo Clinico
ABPSIG – Registro 409

Referência Bibliográfica:
GRISA, Pedro A. O Poder da Fé & A Paranormalidade. 9ª edição, Florianópolis: EDIPAPPI/LIPAPPI, 2007.
FILHO, Pe. Raimundo Elias. Mistério do Aquém e do Além à Luz da Parapsicologia. 2ª edição, Editora Paulus, São Paulo – SP, 2003.

LEIA TAMBÉM

    cat