Seja Bem-vindo, 26 de maio de 2024

Seja Bem-vindo
26 de maio de 2024

CATEQUESE E LITURGIA – 2. Iniciação à vida cristã (I)

07 de abril de 2024   .    Igreja Católica
Compartilhe

É importante ter a consciência de que a catequese, como o conhecemos hoje, nasceu dentro do grande processo de iniciação à vida cristã – impropriamente chamada de catecumenato, pois este nome se deveria reservar apenas ao segundo momento, passo ou degrau no processo da iniciação.

Historicamente, quando esse processo desapareceu, restou apenas a catequese de cunho doutrinal, que conhecemos e temos em nossas comunidades paroquiais, pois o ambiente de cristandade, então instaurado, realizava visivelmente o papel da iniciação à vida cristã. Assim sendo, a catequese se resumia ao ensinamento da doutrina, e a Cristandade resolvia as outras dimensões do processo de iniciação.

É necessário que nos compenetremos de que a catequese doutrinal, em sua forma atual de ensino e instrução, deve ser reinserida na iniciação à vida cristã. Compreendida como um grande processo iniciático, esta tem uma abrangência maior, e, portanto, a catequese se subordina a ela e está a seu serviço.

Entende-se por iniciação à vida cristã todo o processo pelo qual alguém é incorporado ao mistério pascal de Cristo Jesus. Significa também o ingresso em uma vida nova, isto é, na vida experienciada na comunidade cristã. Segundo os princípios teológicos, o processo de iniciação à vida cristã se desenvolve e se realiza na celebração dos sacramentos do batismo, da Eucaristia e da confirmação – denominados, a partir do Concílio Vaticano II, de sacramentos de iniciação.

“O catecumenato não é mera exposição de dogmas e preceitos, mas uma formação de toda a vida cristã e uma aprendizagem efetuada de modo conveniente, por cujo meio os discípulos se unem com Cristo, seu mestre. Por conseguinte, sejam os catecúmenos convenientemente iniciados no mistério da salvação, na pratica dos costumes evangélicos, e com ritos sagrados, a celebra em tempos sucessivos, sejam introduzidos na vida da fé, da liturgia e da caridade do povo de Deus” (AG 14).

Pe. Humberto Robson de Carvalho
Folheto litúrgico “O Domingo” de 07-04-2024 – nº 19 – ano 92 – remessa III – pagina 4