Seja Bem-vindo, 01 de julho de 2022

Seja Bem-vindo
01 de julho de 2022

Parapsicologia e psicoterapia (cura psíquica) – número 1

15 de junho de 2022   .   
Compartilhe

Parapsicologia
Principalmente nas décadas de 70 e 80 se produziu no Brasil varias palestras, seminários, livros, etc. sobre a parapsicologia.

A parapsicologia estuda, investiga, desvenda os fenômenos. Para a muitas escolas: fenômenos paranormais e para a escola de Quevedo, fenômenos parapsicológicos. Grisa, acrescenta ainda que ela estuda e desvenda o Potencial Mental do Ser Humano.

No Brasil, algumas escolas de parapsicologia como o Instituto Pe. Quevedo de Parapsicologia, ficam somente no Estudo, investigação e desvendando os fenômenos parapsicológicos. Não adotando a parapsicologia como psicoterapia.

Psicoterapia
Muitos parapsicólogos, praticamente abandonaram esse do estudo da fenomenologia e buscaram um jeito de utilizar a parapsicologia como psicoterapia. Para curar as pessoas de seus traumas e outros problemas ligados a ansiedade, depressão, etc.

“Os parapsicólogos de hoje dizem que a disciplina da parapsicologia já passou da fase de demonstração da existência dos fenômenos. Eles estão comprovados cientificamente. O importante, neste momento, é como aplicar os poderes mentais em beneficio do ser humano. No Brasil há clinicas que adotam a Parapsicologia para curar males psíquicos”.  (LUCAS, p. 45)

Grisa e seu método
No artigo que publiquei neste Site (PARAPSICOLOGIA É CIÊNCIA NA VISÃO DE TRÊS CORRENTES DE PARAPSICOLOGIA) procurei mostrar no tópico número 7 do artigo: Salto Qualitativo, como Grisa foi feliz em elaborar o seu método psicoterapêutico para a cura psíquica. Neste método além de analisar a pessoa levando em conta vários pontos, como cultura, hereditariedade, fecundação, vida intrauterina, parto, primeira infância, e toda a vida pessoa, também a formação de sua personalidade a partir das relações familiares. A utilização da hipnose, a compreensão do problema e reprogramação mental de grande valor terapêutico.

Confundindo a parapsicologia com religião

Grisa lembra que “a grande maioria das pessoas passa a confundir Parapsicologia com Misticismo, Espiritualismo, Espiritismo, Esoterismo ou Religião.

Não é porque a Parapsicologia estuda os Fenômenos Paranormais que ela deva ser vista como Religião, Doutrina Mística ou Filosófica”. (GRISA, p. 25)

Grisa faz questão de lembrar que “durante séculos e milênios, esses acontecimentos estranhos e misteriosos sempre foram considerados fenômenos de ordem sobrenatural, isto é, manifestações de Deus ou do Diabo, de almas penadas, de anjos e outras entidades”. (GRISA, p. 24-25)

Psicoterapias – na parapsicologia
Nem todas curas psíquicas, vão nesta linha de ter um método próprio como a do Sistema Grisa, com uma explicação mais técnica e cientifica. Parabéns mais uma vez ao Grisa por esta preocupação e virtude.

Há muitas psicoterapias, aprendidas em cursos de parapsicologias que apelam para as mais diversas terapias alternativas, por não usarem a parapsicologia e o que ela é capaz de proporcionar enquanto ciências da mente humana ou do potencial mental do ser humano então, faz este apelativo destas terapias e psicoterapias, confundindo a parapsicologia com ciências ocultas, e crenças religiosas.

É claro que muitos destes cursos de parapsicologia utilizam também a hipnose, programação e reprogramação mental, porém numa mistura de misticismo, esoterismo e coisas nesta linha. O que acaba num certo ponto desacreditando a parapsicologia como ciência.

Nada contra as estas alternativas, porém, isto desacredita a parapsicologia enquanto ciências. Não que as ciências não possam ver valor em algo alternativo e religioso. Porém a psicologia tem métodos clínicos próprios com ética e rigor que precisa, sem precisar desta apelação, a psiquiatria tem também seus métodos próprios com ética e devido rigor, sem ter que recorrer a qualquer alternativa que vê pela frente. E por que somente a parapsicologia não busca métodos próprios ligados a compreensão da mente humana para tratar especialmente os casos de paranormais que vivem certas desarmonias pelas coisas negativas que desencadeiam com sua mente? E de tantos problemas que muitos possuem, passariam a ser beneficiados com as curas psíquicas.

Assim deve ser também com a parapsicologia, nisto, volto a frisar, Grisa e seu sistema GRISA, estão de parabéns.

Conclusão
Em mais um artigo espero ter mostrado a você internauta que a parapsicologia não deixa de estudar os fenômenos, mas hoje em muitos casos tem muitos parapsicólogos abandonado um pouco este caminho e ficando mais na cura psíquica com as psicoterapias que tem seu grande valor, porem algumas precisando de uma avaliação mais crítica.

Pe. Emanuel Cordeiro Costa
Parapsicólogo Clinico
ABPSIG – Registro 409

Referência Bibliográfica:
LUCAS, Miguel. Acabe com as suas dúvidas – O que a parapsicologia explica. 3ª edição, Editora Paulus, São Paulo, SP, 2003 (p. 45)
GRISA, Pedro A. O poder da fé & a Paranormalidade. 9ª ed., Florianópolis (SC): Parapsicologia e Potencial Psíquico, 2007.

LEIA TAMBÉM

    cat