Seja Bem-vindo, 21 de julho de 2024

Seja Bem-vindo
21 de julho de 2024

IVª Parte: PARANORMALIDADE E OS FENÔMENOS PARANORMAIS

29 de junho de 2023   .   
Compartilhe

Os fenômenos Paranormais acontecem em nível subconsciente, por isso são espontâneos. E são classificados como PSI-GAMA. PSI-KAPA E PSI-THETA.

Fenômenos relacionados com a COMUNICAÇÃO são denominados de Psi-Gama ou Percepção Extra-sensorial – PES. É a mente atuando de forma direta nos sistemas de comunicação, percebendo além dos limites dos cinco sentidos ou percepção sensorial.

4.1 – Como o Ser Humano se comunica?
Pelas expressões do rosto: alegre, sereno, triste, carrancudo.
Pelo olhar: alegre, distante, indiferente, apaixonado…
Pelos gestos: mãos, braços, andar…
Pelo tom de voz, Pela palavra: justificativas, pensamentos positivos ou negativos.
Por telepatia: sentimentos, pensamentos e imagens.

Os seres humanos comunicam-se: 10% em nível consciente e 90% subconsciente.
Sensação de mal-estar: percebemos com mais facilidade aquelas que destoam da harmonia. Ex.: Sentir tristeza ou depressão, ou pressão no peito, ou vômito… Ao encontrar certos indivíduos ou em certos ambientes.

Aquilo que se pensa ou sente em relação a alguém tem
mais influência que as palavras.

4.2 – Fenômenos PSI-GAMA (PES):
Telepatia: Quando ocorre transmissão ou comunicação de imagens, ideias e sentimentos de uma pessoa para outra sem utilizar nenhum recurso conhecido (Deve haver um transmissor e um receptor).

Por exemplo: Serafina está tirando o pó dos móveis e soa o telefone. Ela exclama: “É Benedita!” Ao atender a ligação, ouve efetivamente a voz de Benedita.
‘Tirou a palavra da minha boca’ ou ‘Eu estava pensando nisto’ => Sincronia telepática
Quando o filho está viajando e a mãe fica ansiosa, passa isso e pode interferir nele.

Intuição: É a capacidade da mente humana de perceber espontânea e automaticamente qual a atitude a assumir, o caminho a seguir, a decisão a tomar, o ato a praticar.
Ex.: Joana foi ao mercado e ao passar pelo setor de carnes, teve o impulso de comprar alguns bifes. Mas raciocinando, desiste. Em casa é informada de que estará recebendo familiares para o almoço e exclama: “Bem que deveria ter seguido minha intuição e comprado os bifes”.

Precognição: quando se pressente ou prevê um fato que ainda vai acontecer no futuro. Incluem-se aqui os chamados sonhos pré-cognitivos. São pressentimentos que se concretizam em fatos, visões +/- nítidas de acontecimentos que depois ocorrem.

Exemplo: Gilberto sonha com um primo sofrendo acidente de carro. Dias depois, o acidente ocorre e Gilberto dá-se conta de que o fato ocorreu exatamente como havia sonhado.

Premunição: denominação espírita. Aviso por uma entidade do além, que sobrepõe a condição interna do Ser Humano. Desvaloriza a capacidade humana.

Pós-cognição: ou retrocognição capacidade de perceber fatos ocorridos no passado. Por exemplo: um romancista, guiado por sua intuição, descreve, em seu romance, um episódio incluindo a descrição de personagens e cenários. Anos depois, viajando por um país distante defronta-se com um local, que lembra aquele cenário do romance. A curiosidade faz com que busque informações históricas e descobre que o episódio descrito em seu romance ocorrera há mais de 200 anos de forma quase idêntica ao narrado por ele.

Clarividência: termo tradicional que identifica os fenômenos da PES em que o indivíduo vê imagens ou cenas que ocorrem à distância, fora dos limites da visão, e que ocorrem no mesmo instante em que são percebidos.

Claripercipiência: Adotado pelo Sistema Grisa; Termo que expressa – de maneira globalizante – perceber sensações dos cinco sentidos, sem fazer uso deles. Ou a própria capacidade de produzir imagens, sons, odores, sensações táteis e gustativas que podem ser percebidas também por outras pessoas. Exemplo: Elisete às 10 horas da manhã, está lendo um livro em seu quarto e de repente, vivencia a sensação intensa e duradoura do gosto de anestesia odontológica em sua boca. Depois fica sabendo que seu marido, no mesmo instante, estava no dentista fazendo implante de dente.

Bilocação de Consciência: também chamada de desdobramento, viagem astral ou projeciologia. É o fenômeno da PES em que o indivíduo vivencia a nítida sensação de estar fora do corpo. É a capacidade de percepção consciente, tão clara e forte, além dos limites do corpo e de todos os sentidos, que a pessoa experimenta a sensação de estar em duplicata, percebendo-se simultaneamente em dois lugares diferentes e ao mesmo tempo. É o mais elevado grau de Percepção.

Ex.: Albertina, adolescente de 14 anos, no momento em que começa a adormecer, sente como se estivesse levitando, mas ao olhar para baixo percebe seu corpo deitado na cama. Assusta-se e vivencia o impacto de ter caído na cama. Desperta e sai correndo, tentando explicar a sua mãe o que ocorre.

4.3 – FENÔMENOS Psi-Kapa ou Psicocinesia: É a mente e atuando sobre a matéria em nível físico, químico e biológico, inclusive a matéria do próprio corpo do paranormal. Psicocinesia – “psico” de psique, mente, espírito e “cinesia” de cise, mover. (termo preferido pela escola espírita) Esses fenômenos, segundo diferentes escolas parapsicológicas, recebem outras denominações, sendo os mais representativos:

Levitação: capacidade da mente anular a lei da Gravidade e princípios da física como a Lei da Inércia e da Dinâmica. Compreende a levitação de objetos e do próprio corpo.

Ocorre nos fenômenos de poltergeist ou casa mal-assombrada. Ocorre um fenômeno de casa mal-assombrada faz-se presente uma pessoa que pode caracterizar-se como:
a) um indivíduo emocionalmente perturbado;
b) pessoa subnutrida ou que sofre grave ameaça de sobrevivência;
c) na grande maioria das vezes é um adolescente, fase em que vivencia profundas inseguranças, sentidas como ameaça a sua sobrevivência.

É o caso de Cleci, mulher de 45 anos que diz ao marido: vou meditar e se eu cochilar, por favor não me acorde… Meia hora depois o marido surpreende-se ao perceber que o corpo de Cleci está estendido aproximadamente a 40cm do assento do sofá enquanto a manta parecia ocultar um espesso colchão sob o sofá.

“Apport”: Fenômeno em que determinado objeto desaparece de um lugar e reaparece inesperadamente em outro. Por exemplo: Dr. Lima preparando para ir ao dentista deixa sua ponte móvel sob a pia do banheiro e ela desaparece misteriosamente. Chegando ao dentista a secretária pergunta: “Foi o senhor que deixou aqui essa prótese?”. Espantado Dr. Lima não compreende.

Combustão Espontânea: a escola católica chama de PIROGENIA, associado a outros fenômenos paranormais nas casas mal-assombradas, quando roupas, móveis e diversos objetos queimam sem identificar a causa que desencadeia o fogo. Por exemplo, num caso analisado pelo IPAPPI, em 1989 em Porto Alegre e documentado pela TV, a combustão espontânea de dois colchões, um rosário que estava nos pés da cama de madeira, após um estampido, queima e passa fogo para o próprio colchão; roupas queimavam no varal, inclusive toalha molhada no banheiro.

Curas Psíquicas: Fenômeno em que a mente atua direto sobre o organismo vivo, em particular o corpo humano. São normalmente denominados de Curas milagrosas ou espirituais, segundo as diferentes religiões ou doutrinas místicas. Exemplo: Chico Xavier, José Arigó, Quincas…; Imposição de mãos Frei Hugolino. Reiki, Maha.

As curas instantâneas ou curas “milagrosas” ou “espirituais”, normalmente ocorrem quando foram esgotados todos os recursos médicos, científicos e humanos conhecidos. A Cura Inesperada ocorre quando o indivíduo está definitivamente ameaçado de morte. IMPORTANTE salientar que à medida que os Paranormais, de alguma forma, treinam seu potencial psíquico, não só podem ser obtidas tais curas, como também outros resultados extraordinários e benéficos podem ser obtidos em situações menos extremas.

4.4 – FENÔMENOS Psi-Theta: contato com espíritos, seres de outras dimensões – crenças espirituais, contato com o além. O subconsciente usa imagens de pessoas ligadas para dar mais ênfase à mensagem, imagens do avô.

4.5 – OS FENÔMENOS NEGATIVOS são perturbadores prejudiciais ou destrutivos, como visões e aparições, fantasmas de diferentes categorias; os denominados “possessões demoníacas”, em que as pessoas parecem estar possuídas por diabos ou outros espíritos perturbadores; fenômenos de casas mal assombradas e “poltergeist”.
POLTERGEIST: – Palavra alemã – espírito barulhento ou brincalhão. É um termo utilizado para classificar aqueles fatos em que parecem existir um espírito ou entidade invisível que produz diferentes fenômenos assustadores, como ruídos de talheres, panelas, móveis ou até movimento real desses elementos, como se alguém estivesse brincando.

O mais importante treinamento mental, na área da psicocinesia é a programação de objetivos. Não é o cérebro que atua sobre a mente é o contrário.

Fonte:
Seguidores da Parapsicologia – Curso de Parapsicologia – Primeira Parte. Blog ativo em 15/06/23

LEIA TAMBÉM

    cat