Seja Bem-vindo, 21 de maio de 2024

Seja Bem-vindo
21 de maio de 2024

II Elementos que constituem a estrutura da personalidade

08 de julho de 2023   .   
Compartilhe

Elementos universais – Leis Cósmicas e Leis Naturais de Sobrevivência. São imutáveis e estão presentes em todos os seres vivos.

Elementos grupais – Todas as programações culturais.

Elementos individuais – São normalmente mutáveis – Programações de vida intrauterina, processo de nascimento, programações da infância, adolescência e vida adulta.

2.1 – ALICERCES DA PERSONALIDADE
Leis cósmicas: As Leis cósmicas são as grandes leis que comandam o funcionamento do Universo. São universais, imutáveis e atuam diretamente sobre todos os elementos do Universo. São elas: Lei da Harmonia – Lei da Vibração – Lei da Evolução

Lei da Harmonia – A perfeita harmonia do universo é tão evidente que qualquer desarmonia fere nossos sentimentos e abala nossa segurança.

Lei da Evolução – Assim como o universo, o ser humano como partícula do todo, passa pelo mesmo processo. Segundo a Lei da Evolução, nada morre. Tudo se transforma em um novo processo.

Lei da Vibração – Tudo vibra no Universo. Tudo é energia. Na prática do dia a dia se expressa no dar e receber, no ser útil e ser valorizado.

2.2 – Além das Leis Cósmicas Básicas, existem as Leis Cósmicas Derivadas:
Lei da Não Resistência encontra nas religiões seu correspondente na Lei do Perdão. Mas sofre quem tem raiva do que aquele que é alvo da raiva. Todo ato ou impulso psíquico tem sua origem em uma programação que poderá ter ocorrido na vida intrauterina ou na infância. Sob o aspecto científico, frases de Jesus Cristo como “Amai vossos inimigos”. “Pai, perdoai-os porque não sabem o que fazem”. Entre o ato negativo e a pessoa existe uma distância muito grande.

Lei da Direção:
No mundo físico corresponde a Lei da Dinâmica. Um elemento não pode deslocar-se em direções diferentes ao mesmo tempo. “Só é possível programar um objetivo por vez”. Programe, pois um objetivo abrangente, um objetivo geral. Não pode ser restrito nem terminal. É preciso rechear o objetivo. Não pode se opor a Lei da Evolução. Ex.: Não basta você programar que dentro de cinco anos terá uma linda casa e dizer que quando tiver a casa não quer mais nada. Você poderia conseguir a casa e logo em seguida ter muitas decepções.

Lei do Impulso – é a mesma lei ou princípio da alavanca. Encontra seu equivalente na Lei da Gratidão. O impulso somente é possível a partir de um ponto de apoio. A segurança dos movimentos depende da segurança do apoio. Somente há motivo para agradecer, quando se reconhece que algo de bom existe. E há milhões de motivos para você agradecer, a cada instante, à medida que se descobre que se está mergulhado na perfeita Harmonia cósmica.

Lei dos Opostos ou do Contraste.
Entre o mal e o bem, entre o positivo e o negativo, há uma relação de complemento.
Existem dificuldades e obstáculos colocados em nosso caminho como desafio, que nos chamam ao crescimento, ao desenvolvimento para a nossa Evolução. O mal não existe. Existe o estímulo e o desafio para a caminhada em direção à conquista do bem. É a tristeza que nos proporciona a compreensão e a valorização da alegria.

Princípio da Igualdade – Diante de Deus todos somos iguais e todos somos irmãos. Todos os cidadãos são iguais perante a lei. Nenhuma pessoa gosta de sentir-se inferiorizada, menosprezada ou passar por boba. A partir desse princípio surgem as formas de competição como a inveja, o orgulho e a vaidade.

a) Inveja é o sentimento de perceber-se abaixo de alguém e não admitir como normal e natural. O invejoso busca estratégias para rebaixar o concorrente, visando reduzi-lo, no mínimo a seu nível.

b) Vaidade é o medo de sentir-se rejeitado ou ofuscado. O indivíduo busca camuflar sua insegurança através de vários artificialismos no modo de falar e de vestir ameaçando ofuscar a presença de outros inseguros, despertando cochichos e críticas, fofocas e ironias.

c) Orgulho – fundamenta-se na busca de superar uma insegurança não admitida, assumindo atitudes e posturas artificiais e arrogantes. Procura demonstrar ser o que realmente não é. A pessoa vazia de valores essenciais esnoba o brilho das aparências.

d) Esse princípio também alicerça o senso de justiça, de honestidade, a honra à palavra dada. Estimula as competições desportivas, culturais e artísticas. Estimula o processo de crescimento em todos os níveis. Alicerça a autoconfiança e autovalorização.

Ninguém quer ser inferior a ninguém, por isso imita-se o ídolo ou o herói, usa o fantástico poder da imaginação e o jogo dos presentes. Nunca quer ficar por baixo, ser menor.

Lei do Menor esforço
Os rios rolam encosta abaixo, guiados pela Lei da Gravidade e pela Lei do Menor Esforço. Todo curso de água contorna os obstáculos correndo pelo caminho mais fácil. Essa mesma lei faz-se presente nas tendências comportamentais dos seres humanos.

Se não houver uma motivação as pessoas tende a acomodar-se se opondo a Lei da Evolução

Lei da Ingratidão – O impulso natural da ingratidão é muito mais forte e natural do que o gesto e a atitude de gratidão. Sempre que o ser humano der alguma coisa de graça, como a esmola, dá simultaneamente um atestado de incompetência, ainda que o faça com maior simplicidade e humildade. Dar esmola é humilhar o esmoleiro. É enfatizar a ideia de que o pedinte é um pobre incapaz, é um ser inferior ao grande doador.

“Quer ter? vá trabalhar” “dar de graça é uma desgraça ou semeia desgraças.

“Quem recebe de graça, facilmente esquece ou ignora a dádiva e o doador. E quando não consegue esquecer, tende a desprezar o que recebeu ou rebaixar o doador, apontando defeitos ou maldades reais ou imaginárias, tentando trazê-lo a seu nível”.

Fonte:
Seguidores da Parapsicologia – Curso de Parapsicologia – Terceira Parte. Blog ativo em 15/06/23

LEIA TAMBÉM

    cat