Seja Bem-vindo, 29 de maio de 2020

Seja Bem-vindo
29 de maio de 2020

EUCARISTIA: “TOMAR PARTE COM CRISTO”

02 de março de 2020   .   
Compartilhe

        Uma das mais lindas, simples, e, ao mesmo tempo, complexas narrativas do Novo Testamento é a última ceia de Jesus com seus discípulos. Ler  Jo 13,1-15.
Esta narrativa cheia de cheiros, sabores, trocas de olhares, indagações, sentimentos, ações, faz-nos perceber inúmeras e diferenciadas reflexões. Todavia, aqui vamos nos ater no diálogo firme e amoroso de Jesus com Pedro. Firme, porque Jesus sempre se posicionou com dizeres curtos e verdadeiros, a verdadeira dedicação do bom Mestre que até o último momento ensina. A amorosidade do amigo, que por amor, quer que o outro seja parte e tenha parte consigo.
A personalidade de Pedro não apenas o deixou pensar. Sua confiança e amor ao Mestre o faz externar o espanto de lavar os pés, de se deixar lavar os pés pelo Mestre. Bem mais que se colocar como servo, naquele momento, Jesus tocava e lavava os PÉS , Jesus tocava em toda a trajetória do vida deles. Ele, mais do que ninguém sabia por onde passaram aqueles pés. Sabia da caminhada, da história de cada um. Jesus tomava parte com eles. Comungava de suas dores e alegrias, sabia quem eram e quem poderiam ser.
O amor do Mestre era tão grande, que Ele bem sabia que poderia lavar o que não trazia VIDA. Poderia por meio do serviço dar uma vida nova a cada um deles. Certamente este gesto de Jesus fora tão profundo que espantou a lógica humana e cultural de Pedro. “O Senhor vai lavar os meus pés?” a resposta de Jesus pedia que Pedro confiasse Nele. “Agora não sabes, mas vai entender mais tarde”. Pedro titubeou e insistiu. “O senhor nunca lavará meus pés?” A resposta de Jesus sem rodeios do mestre, mostra que amar é decisão: “Se eu não lavar não terá parte comigo”. Pedro não quer viver sem ter parte com Jesus, então oferece mais que os pés.
Jesus quer que tenhamos parte com Ele. Isso é inefável. Não somos nós que em primeiro quisemos ter parte com Jesus. Ao contrário, Ele que desceu e lavou-nos os pés para que nós fizemos parte com Ele. TOMAR parte com Jesus é ter comunhão com Ele. Começando pelo AMOR. Amor que nos impulsiona a sermos fieis Àquele que primeiro nos amou. Ao tocar em nossos pés empoeirados, calejados, macios ou ásperos, Jesus toca na nossa humanidade e coloca isso como condição para termos parte com Ele. Ao mesmo tempo nos pede para fazermos o mesmo: “Dei-vos o exemplo para que, como eu vos fiz, assim façais também vós.”
Na última ceia, Jesus nos dá uma linda declaração de amor e um ensinamento que nos tira da condição de servos e nos coloca na condição de AMIGOS e no sentido mais sagrado da palavra. Participar da Ceia do Senhor, comungar, é TOMAR PARTE COM JESUS. É se comprometer com um amor serviço, que parte de nossa humanidade, abraça a humanidade do outro, nos coloca a servir e amar, com a certeza de que não há maior AMOR que dar a vida pelo irmão. Jesus nos dá assim a identidade de Cristãos: “Assim todos saberão que vós sois os meus discípulos”.
Há muitas coisas que precisamos saber, mas no momento ainda não podemos compreender. Porém, somos felizes porque já fomos convidados para participar da Ceia do Senhor. Muitos de nossos irmãos ainda esperam este convite. “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei.”

                                                                                                                                      Aparecida Alves Gonçalves

LEIA TAMBÉM

    cat