Seja Bem-vindo, 21 de maio de 2024

Seja Bem-vindo
21 de maio de 2024

AUTOSSUGESTÃO E HETEROSSUGESTÃO – Número 1

01 de março de 2020   .   
Compartilhe

Iª Parte
Introdução
Neste trabalho, com esse tema: “Autossugestão e Heterossugestão”, baseei no estudo feito pelo parapsicólogo Frei Albino Aresi (falecido) do seu livro: Homem total e parapsicologia, páginas 238. Neste artigo tomei o texto mencionado de Frei Albino Aresi e introduzi subtemas aos parágrafos, com algumas frases minhas… E estes estão na ordem elencadas por mim. Também acrescentei alguns parágrafos, sendo que, reproduzo em grande o texto do parapsicólogo mencionado.

A pessoa quando põe na cabeça alguma coisa de maneira positiva ou negativa ela direciona ainda que inconscientemente toda sua energia para a realização do que ela deseja e pensa. Põe na cabeça que vai fazer uma boa prova, estuda e se sai bem. Se fizer o contrário, acha que não sairá bem na prova se auto desmotiva e se sai mal.

Tudo o que disse acima podemos dizer autossugestão. Podemos dizer de alguma forma motivação. É bom refletir que a autossugestão condiciona a pessoa a buscar certas coisas ou não. A autossugestão está ligada também a impressionabilidade, está ligado a auto hipnose. Quem facilmente acredita na sua própria sugestão tem facilidade de auto hipnotizar.

O que falei sobre a autossugestão vale também para heterossugestão. Quando a pessoa fica impressionado com alguma coisa que vê, ou que foi dito, inconscientemente, sem perceber direciona a sua vida em função do que acredita seja de modo positivo ou negativo, como quando se tem medo de alguma coisa. Por isso, a pessoa que fica impressionada por qualquer coisa, normalmente ou se motiva ou desmotiva para buscar o que a impressionou, sendo facilmente também hipnotizável. Por isso, que se fala muito em pensamento positivo. É claro que o pensar positivo é importante desde que nos leve a ação.

1. Autossugestão o que é?
“É o processo pelo qual, por autoconvicção e auto treinamento, uma pessoa pode provocar em si modificações biológicas”. (ARESI, p. 238).

1.1. Primeiro exemplo de autossugestão
“Estou com muita dor de cabeça; não tenho nenhum remédio à mão. Lembro-me de que a mente é capaz de aliviar o mal. Concentro-me e imagino que a dor está passando. E a dor passa realmente”. (ARESI, p. 238).

1.2. Segundo exemplo de autossugestão
“Uma pessoa supersticiosa vai indo por uma estrada e, distraída, pisa num despacho; impressiona-se. Imediatamente começa a sentir uma porção de perturbações e só sara quando alguém lhe tira a sugestão”. (ARESI, p. 238).

IIª Parte

2. O que é Heterossugestão?
“Dá-se quando uma ideia nos é transmitida por outrem”. (ARESI, p. 238).

2.1. Exemplo de Heterossugestão
“Suponhamos que uma pessoa diz a outra: se você tocar em tal objeto, ficará com a perna dura.

Se o sujeito acreditar na sugestão e por coincidência pegar no objeto, ficará com a perna imóvel, precisando de outra sugestão para normalizá-lo. (ARESI, p. 238).

2.2. Explicação do exemplo de Heterossugestão
“O que aconteceu realmente?
Teria o objeto o poder de paralisar a perna? Não. O cérebro, com o toque do objeto, inibiu os movimentos motores da perna que reflexologicamente ficaram condicionados pela heterossugestão.

Sempre que a nossa mente ficar impressionada, emocionalmente, por uma sugestão (objeto) positiva ou negativa tende a repetir o comportamento em semelhantes condições. É a lei da reflexologia”. (ARESI, p. 238).

Conclusão
O parapsicólogo Professor Dr. Antônio Grisa (falecido), para tudo buscar uma lei para justificar seus argumentos. Aqui Frei Albino Aresi fala em lei da reflexologia. Mesmo não explicando a lei. Esta lei também não é mencionada pelo Sistema Grisa. Mas isso neste caso acaba sendo uma pequena consideração, um detalhe. O mais importante é que você leitor tenha compreendido o que é a autossugestão e heterossugestão e como as duas coisas estão presentes no dia a dia. E o bom uso das duas coisas, positivamente nos ajuda em nosso crescimento, do contrário nos traz situações embaraçosas e desarmonia.

Referência Bibliográfica
ARESI, Albino. Homem total e parapsicologia. 20ª edição. Instituto Nacional de Parapsicologia (INPAR). São Paulo – SP. 1984. Páginas 238.

Pe. Emanuel Cordeiro Costa
Parapsicólogo Clinico
ABPSIG – Registro 409

 

LEIA TAMBÉM

    cat