Seja Bem-vindo, 15 de abril de 2024

Seja Bem-vindo
15 de abril de 2024

“Antes que os demônios voltem”

05 de outubro de 2023   .   
Compartilhe

Artigo de Pe. Emanuel Cordeiro Costa com Certificado de Registro de Averbação na Fundação Biblioteca Nacional – EDA – Nº 879.327 – livro 1.714 – folha 35. Data do registro: 26/07/2023

Introdução
Em 1989, o Parapsicólogo Pe. Quevedo (falecido), publicou um livro com o título deste artigo. Na página 8 do livro diz: “O livro de fato foi escrito em 1981. Retirado pela censura, só publicado no início de 1989”.

No ano que foi escrito o livro dizia: “Antes que os demônios voltem”. Me parece que já havia voltado, e hoje não tenho dúvidas. A volta na verdade é de práticas as mais diversas, lamentavelmente… Pratica de rituais satânicos muito difundido hoje em dia, basta ver manchetes policiais e reportagens sobre esses rituais e cultos. Praticas lamentáveis também de igrejas cristãs que fazem os chamados “exorcismos”, com frequência, que estanca de pessoas com problemas de ordem natural, como problemas psíquicos, levando-as a certos comportamentos, estranhos. Mesmo estranhos tem uma explicação natural. Transformando estes numa coisa sobrenatural, inclusive se utilizando de uma leitura fundamentalista da bíblia para fomentar essa pratica e justifica-la. Esta pratica muito presente nas chamadas igrejas pentecostais e neopentecostais evangélicas, e também em menor escala por alguns padres católicos.

1. Práticas cristãs de “exorcismos”
Há um ditado que diz que “assombração sabe para quem aparece”. E “possessão” só acontece onde tem pastores que usam desta pratica e em alguns casos de padres, em menor escala, que também vão por esse caminho. As pessoas que são histéricas, sugestionáveis, cheias de problemas, principalmente psíquico, não entendendo o que se passa com elas, julgam ser seu problema espiritual ou de outro mundo, principalmente quando há ambientes religiosos que insinuam e fomentam repetidamente que estas pessoas estão “possuídas”. Ao deparar com um ambiente religioso assim, todo voltado para isso, com pastores e outros líderes, com discursos persuasivos, inflamados, histéricos, com gritarias, estas pessoas entram em transe, muitas vezes coletivo, fazendo desencadear alguns fenômenos parapsicológicos, daí a pouco elas tomam comportamento os mais esdrúxulos, depois de uma descarga emocional forte e grande voltam ao normal, saindo transe, e isto lhe é apresentado como “cura”. E “cura” em nome de Jesus! Que Jesus sempre curou e pode curar não tenho duvidas e nem é problema. Porém este tipo de pratica acaba sendo uma mentira, da forma como é apresentado. Seja esta mentira consciente ou inconsciente. O ambiente é mais um show, onde é notório o exibicionismo do pastor ou outro líder que assim procede. E o “demônios” obedecem a esses líderes, quando as pessoas saem do transe.

Onde as pessoas tem um mínimo de harmonia na vivencia do seu dia a dia, sem grandes problemas de saúde elas não são “possuídas” por “nenhuma força de outro mundo”. Daí se vê que são as pessoas mais fragilizadas emocionalmente, com uma serie de problemas que ficam “possuídas.” O que confirma o ditado: “assombração sabe para quem aparece”.

É fácil de concluir pelo comportamento que estas pessoas apresentam, que há uma explicação natural de seus problemas, especialmente na parapsicologia, dispensando uma explicação sobrenatural.

Faço questão de lembrar aos leitores mais desatentos que “possessão”, “possuída”, “exorcismos” e “nenhuma força de outro mundo”, sempre coloco entre aspas. Não é minha a afirmativa.

2. Lamentável: Rituais satânicos!
Como afirmei anteriormente existem vários noticiários policiais e reportagens que mostram esta pratica muito difundida entre nós. Ou seja, mostram esses rituais chamados satânicos. No YOUTUBE mesmo está cheio dessas reportagens: veja algumas:

– Mãe e filha acusadas de matar menino em ritual satânico em Guaratuba dizem que ele está vivo. Publicado por RICtv 30/04/2021 – Balanço Geral Curitiba / Paraná.
– O DIABO, O CASAL E A JOVEM INOCENTE – CASO CASAL SATANISTA – INVESTIGAÇÃO CRIMINAL. Publicado em Operação Policial: 22/05/22 – Investigação – Crime.
– Criança de 7 anos morta em ritual satânico – Tribuna da Massa (02/03/2020) –
Rede Massa – Foz do Iguaçu
– Grávida é morta em ritual satânico no litoral de SP – Brasil Urgente – 22/08/2018
– Criança tem coração arrancado em ritual no Dia das Crianças | Primeiro Impacto (14/10/19).
– Suspeitos de ter matado jovem em ritual satânico são presos | Primeiro Impacto (16/09/21)
– Adolescente entra para seita satânica e se mata. Tribuna Online – 30/04/2013
– Entrevista com detalhes do ritual macabro que sacrificou crianças argentinas. Correio do Povo play – 08/01/2018
– Homem é encontrado degolado em ritual satânico. TV Ponta Verde SBT – 11/03/2014
– Crianças são sacrificadas em ritual satânico no Rio Grande do Sul | SBT Brasil (05/01/18)
– Polícia investiga suspeitos de participar de ritual satânico | SBT Brasil (19/01/18)

Estas manchetes que coloquei dos rituais satânico, infelizmente, torna-se uma pequena amostra, lamentavelmente desses cultos e rituais. Vamos encontrar outras reportagens de rituais que são divulgados nesta linha também pelos veículos de comunicação de massa: rituais de magia negra, bruxaria, feiticeiros enganam suas vítimas, ritual de Sacrifício Bizarro, etc. Não quis citar mais além desses colocados acima, até para não destacar muito, pois pode acabar incentivando o leitor menos esclarecido.

Conclusão
Mas fica claro no exposto até aqui, tanto das Práticas cristãs de “exorcismos” como dos chamados rituais satânicos, a advertência que fez o parapsicólogo Pe. Quevedo, tem sentido: “Antes que os demônios voltem”. Infelizmente voltou em pleno o século XXI, resgatando negativamente uma pratica muito difundida na idade média.

Hoje existe o ecumenismo entre as igrejas cristãs, quem sabe nós cristãos podemos não fazer uma leitura fundamentalista da bíblia e nem literal, e compreendendo a palavra de Deus dentro de métodos, como o método histórico crítico. Procurar entender alguns fenômenos, também com a ajuda da parapsicologia. Mudarmos nossa pratica religiosa, para que os “demônios” não voltem, mas saiam de nossa pratica religiosa, comprometida em difundir muito mais o medo de “demônios, de “seres de outro mundo”, inferno, ao invés do amor de Jesus Cristo, a solidariedade humana, a justiça e a busca de concretização da mesma, para que as pessoas tenham sempre uma vida mais sadia e um cristianismo mais libertário e comprometido com o amor ao próximo socorrendo em suas necessidades.

Assim os “demônios serão “exorcizados” definitivamente de nossas igrejas que não precisaram desses atos para amedrontar. Líderes religiosos deixarão de lado seu desejo de exibir que tem poderes sobre “forças de outro mundo” porque a preocupação maior será mostrar o amor de Jesus Cristo.

Claro se você for fundamentalista, adepto dessa pratica, aberrante e esdrúxula, deve estar na ponta da língua, “mas Jesus exorcizou no evangelho”. Calma! Se você sair do seu fundamentalismo bíblico, verá que as coisas são diferentes. Em outros artigos, possivelmente veremos isto. Pois seria impossível um assunto como esse, explicar apenas em um artigo.


Pe. Emanuel Cordeiro Costa
Parapsicólogo Clinico
ABPSIG – Registro 409

LEIA TAMBÉM

    cat