Seja Bem-vindo, 21 de julho de 2024

Seja Bem-vindo
21 de julho de 2024

A Arte de Calar

01 de março de 2020   .   
Compartilhe

“O silêncio é um momento vivificante de graça, em que a criatura se cala, mas o espírito fala”.
Calar sobre sua própria pessoa, é humildade.
Calar sobre os defeitos dos outros, é caridade.
Calar quando a gente está sofrendo, é heroísmo.
Calar diante do sofrimento alheio, é covardia.
Calar diante da injustiça, é fraqueza.
Calar quando o outro está falando, é delicadeza.
Calar quando o outro espera um palavra, é omissão.
Calar e não falar palavras inúteis, é penitência.
Calar quando não há necessidade de falar, é prudência.
Calar quando DEUS nos fala no coração, é silêncio.
Calar, diante do mistério que não entendemos, é sabedoria.

Arrependo-me muitas vezes de ter falado, nunca de me ter calado.

Seja dono de sua boca para não ser escravo de suas palavras. Cuide da palavra. É da essência da palavra, tornar-se realidade. Palavras como: “péssimo”, “infeliz”, “desgraçado”…, podem voltar-se contra você e infelicitar a sua vida.

Repetidas, mais fortes ainda tornam-se os seus efeitos. Tenha cuidado. Fale somente o que é bom. Quando não puder falar o que é bom, cale-se. Ter a fala disciplinada é conquistar segurança e grandeza de espírito.

Aprenda a falar com Jesus em seu coração, e em sua mente ele se manifestará.

 

Sabedoria dos Mestres – Autor desconhecido

LEIA TAMBÉM

    cat